Sorteio do Mercado Livre no WhatsApp é golpe

Compartilhe nas redes!



Mensagem no WhatsApp convidando para participar de um suposto sorteio de produtos devolvidos do Mercado Livre, é golpe.

Segundo a ESET, companhia de segurança da informação, a orientação é não clicar em nenhum link, pois se trata de um novo golpe circulando entre os usuários do mensageiro.

Como funciona o golpe?

Os cibercriminosos se passam pelo Mercado Livre para atrair vítimas, conforme o relatório divulgado essa semana pela ESET.

A mensagem, geralmente enviada por contatos que também foram enganados, inclui um link que direciona para um site falso.

O site falso exibe as mesmas cores e a logomarca do Mercado Livre, bem como comentários de supostos ganhadores e um questionário para avaliação da empresa.

Após responder às perguntas, o internauta deve adivinhar onde está o prêmio, que pode ser um celular premium ou dinheiro, entre outras recompensas.

Em todos os casos, o visitante sempre ganha o prêmio, mas precisa compartilhar o link da falsa promoção no WhatsApp para resgatá-lo.

Ainda durante o acesso, os criminosos informam à vítima que o seu dispositivo está desatualizado e em perigo, sugerindo o download de um app com urgência.

Roubo de dados

Depois que o usuário segue as instruções, ele baixa e instala um malware, software malicioso, na verdade.

Fazendo isso, poderá ter seus dados coletados pelo app e, evidentemente, não ganhará nenhum prêmio.

Dados da ESET mostram que o comércio eletrônico foi o terceiro tema mais utilizado nos ataques de phishing, tentativas de fraude para obter ilegalmente informações, no último trimestre de 2021 e apresenta tendência de crescimento este ano.

Como se proteger?

  1. Desconfie sempre de ofertas de presentes, dinheiro e benefícios em grande quantidade sem nenhuma condição associada. Em caso de dúvida, procure a empresa, em seus canais oficiais, para confirmar a existência da promoção;
  2. Evite clicar em links suspeitos, mesmo compartilhados por contatos conhecidos;
  3. Ignore mensagens sobre supostas infecções por malwares e desatualização do dispositivo que aparecem no navegador

Com informações do TecMundo



Source link

Compartilhe nas redes:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn
Veja também

Posts Relacionados

Precisa de uma contabilidade que entende do seu negócio ?

Encontrou! clique no botão abaixo e fale conosco!