projeto que pode reduzir a despesa em 5% vai a sanção

Compartilhe nas redes!



Na última terça-feira (7), a Câmara dos Deputados aprovou o projeto que prevê a devolução aos contribuintes de créditos tributários recolhidos a mais das distribuidoras de créditos tributários.

As estimativas indicam que a medida poderia reduzir a conta de luz em 5% ainda este ano.

O texto foi aprovado por 303 votos a favor e nenhum contrário. A relatora, Joice Hasselmann (PSDB-SP), não fez alterações em relação à proposta do Senado. Dessa forma, o projeto segue para sanção do presidente Jair Bolsonaro.

Cálculos apontam que cerca de R$ 60 bilhões poderão ser repassados para a amortização das tarifas de energia elétrica, recursos que vinham sendo disputados pelas empresas de distribuição, tal como mostra a Folha de São Paulo.

O projeto, de autoria do senador Fabio Garcia (União Brasil-MT), faz parte da ofensiva do governo e do Congresso Nacional para reduzir o impacto dos reajustes na conta de luz e os preços de combustíveis, a quatro meses das eleições.

Respostas ao projeto

No Senado, o relator, Eduardo Braga (MDB-AM), defendeu que o projeto buscava eliminar a incerteza sobre quem seriam os reais beneficiários dos créditos, se seriam os consumidores ou as distribuidoras.

No ano de 2017, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu excluir o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) da base de cálculo do PIS/Pasep e da Cofins.

No setor elétrico, particularmente, passou a haver a expectativa de que as distribuidoras de energia teriam cerca de R $50 bilhões para receber da União na forma de créditos tributários. 

De acordo com Braga, a atualização desse valor eleva a quantia para R$ 60 bilhões. Desse total, R$ 48 bilhões já estariam habilitados e seriam passíveis de compensação.

A Aneel (agência reguladora) é obrigada, segundo o texto, a devolver os valores aos consumidores neste ano. Nos casos em que já houve reajuste, deverá ser feita uma revisão extraordinária da tarifa.

A agência já discutia o destino para esses recursos, mas o processo está parado há quase um ano, ainda na fase de audiências públicas. O maior problema é definir a parcela das distribuidoras de energia nesse valor.

“O que temos visto é uma imensa incerteza legal quanto ao consumidor ser o beneficiário final desses créditos, ou seja, que aquele consumidor de energia elétrica que pagou esse tributo possa ser o beneficiário direto, pela decisão do Supremo, da cobrança a maior pela base tributária do ICMS sobre o PIS e Cofins e sobre o PIS/Pasep”, disse o senador na leitura do relatório.

Além disso, ele comenta que os dados, segundo a Aneel, apontam para um valor atualizado de R$ 60 bilhões, desses R$ 50 bilhões.

Cálculos realizados pelo senador apontam que a redução na tarifa poderia atingir 5% ainda neste ano e cerca de 9% em 2023.

Tributação

Enquanto isso, as distribuidoras de energia argumentam que sustentaram toda a batalha jurídica que resultou no pagamento dos créditos tributários.

A Aneel já havia recusado o acordo para que a totalidade dos recursos fosse para as empresas que agora pediam compensação por terem questionado a tributação inadequada.

Conforme o deputado Carlo Zarattini (PT-SP), o projeto mexe em alguns detalhes importantes da tributação, mas que não são os únicos problemas da conta de luz.

O deputado disse que “a Conta de Desenvolvimento Energético (CDE) que hoje subsidia o carvão, uma série de recursos, gastos que são incongruentes, é necessário um exame de como é feito o reajuste da conta de luz. O que não dá é querer resolver como o governo quer resolver fazendo uma PEC para reduzir os impostos sem mexer no conteúdo da luz”.

Do mesmo modo, o deputado Bira do Pindaré (PSB-M) disse que o projeto é benéfico para a população brasileira.

Para ele, houve uma tributação indevida sobre a conta de energia. “Nada mais adequado do que se fazer a devolução do que foi cobrado indevidamente para o consumidor, para a população”.



Source link

Se você precisa de serviço relacionado ao artigo ou necessita de maiores informações sobre o assunto, conte conosco, da SE Contabilidade.

Contamos com uma equipe experiente e altamente capacitada. Somos uma empresa consolidada no mercado contábil, composta por profissionais que juntam juventude e experiência e que estão prontos para responder aos desafios tributários e contábeis.

Entre em contato conosco utilizando as informações disponibilizadas em nosso website; caso prefira, você pode utilizar a ferramenta de chat do WhatsApp, ela fica localizada no canto inferior direito.

Esperamos por você!

PRESSIONE AQUI AGORA MESMO E FALE JÁ CONOSCO PARA MAIS INFORMAÇÕES!

Classifique nosso post post

Compartilhe nas redes:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Deixe um comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Veja também

Posts Relacionados

Precisa de uma contabilidade que entende do seu negócio ?

Encontrou! clique no botão abaixo e fale conosco!

Recomendado só para você!
Pexels Uma nova pesquisa da Associação Nacional…
Cresta Posts Box by CP
WeCreativez WhatsApp Support
Nossa equipe está aqui para responder às suas perguntas. Pergunte-nos qualquer coisa!
👋 Olá, como posso ajudar?